PERSONALIDADES MARCANTES
CORNÉLIO DE FARIA. PROFESSOR
(29-02-1860  02-02-1941)

Personagem notável do passado de Itajubá. Aos 12 anos de idade era tipógrafo do primeiro jornal da cidade, "O Itajubá", fundado em 1872 pelo Dr. Aureliano Moreira Magalhães. Casou-se com D. Mariana, irmã do Dr. Antônio Salomon, Juiz de Direito. Autodidata, Cornélio de Faria chegou a adquirir algumas luzes de Francês e Latim. Poeta, era inspirado sonetista. Muito colaborou em jornais itajubenses, e foi músico de algumas bandas do final do século XIX.

Dedicou-se, por pouco tempo, ao comércio, e exerceu, durante 4 anos, o cargo de Agente do Correio. Consagrou-se, desde a mocidade, ao ensino. Lecionou no Liceu N. S. Auxiliadora, e foi o diretor do Colégio Nossa Senhora de Lourdes de Maria da Fé. Ultimamente era professor da Escola Noturna Estadual. Também lecionava em aulas "particulares", em sua própria residência.


Documento sem título