Include Header
Menu
Principal
Start First Second Third End
O seu portal de informações de Itajubá
Menu Principal Documento sem título
PONTOS HISTÓRICOS E ARQUITETÔNICOS
Câmara Municipal

Endereço: Pça. Amélia Braga - Bairro Centro
Propriedade: Prefeitura Municipal


Construída em 1910 pelo arquiteto Moisés Luigi para ser o Fórum da cidade, a aobra em estilo eclético foi orçada com uma de 54 contos de réis concedida pelo Governo do Estado.


Em 20 de Outubro de 1952, crimunosos atearam fogo no prédio. Em 20 deDezembro de 1954, o Governador Juscelino Kubitscheck autorizou a reconstrução, orçada em 666 mil cruzeiros. Através do projeto de lei nº 1288, aprovado em 10 de junho de 1961, o Fórum recebeu a denominação de Fórum Wenceslau Braz.


Atualmente o judiciário itajubense funciona em novo prédio, situado a rua Antônio Simão Mauad, inaugurado em 04 de outubro de 1997. O prédio antigo foi ocupado pela Câmara Municipal no ano de 1979 e em 1983 a Prefeitura também passou a ocupá-lo. Atualmente o prédio é ocupado novamente pela Câmara Municipal.


 
Casa Rosada

Endereço: Pça. Wenceslau Braz - Bairro Centro
Propriedade: Dona Maria de Loudes Pereira Gomes (nora de W.B.)


Percenteu ao Ex-Presidente da República Wenceslau Braz.


Construída entre 1911 e 1912. Pinturas feitas oelo pintor Luiz Teixeira em estilo italizano (afrescos), grandioso do eclético republicano, com pinhas e ornatos dos palacetes do final do século XIX e início do século XX.


Suas paredes internas conservam-se com cor original com pinturas feitas à mão, portas, janelas de madeiras originais. O teto também é de madeira, com pinturas à mão nas salas.


 
Escola Estadual Coronel Carneiro Júnior

Endereço: Pça. Getúlio Vargas - Bairro Centro
Propriedade: Governo Estadual


A lei municipal nº 18 de 9 de janeiro de 1913, autorizou o Governo da cidade a doar ao estado parte do terreno da antiga praça Wenceslau bráz (atual Getúlio Vargas), para nele ser constrído o primeiro Grupo Escolar de Itajubá criado em 1º de janeiro de 1911.


Quatro anos depois estavam concluídas as obras, e na reunião de 16/07/1917 da Câmara Municipal o mesmo foi denominado de E. E. Cel. Carneiro Júnior. Foi seu primeiro diretor o Sr. Jorge Tibiriça de Boucheville.


 
Escola Estadual Wenceslau Braz

Endereço: Rua Olegario Maciel - Bairro Avenida
Propriedade: Governo Estadual


A história da E. E. Wenceslau Braz começa no final do século XIX, quando foi criado a Colônia de Imigrantes, uma instituição para crianças podres e abandonadas de toda região.


Esse educandário foi reconhecido pelo governo estadual de Wenceslau Braz, 1910, recebendo o nome de Instituto Dom Bosco.


Em 1929 um novo prédio começou a ser erguido, e em 07/07/1933, o instituto passa a ser escola profissional, recebendo a denominação de Escola de Horticultura.


Em 03/12/1965, o governo estadual transformou a Escola de Horticultura em Colégio Agrícola Wenceslau Braz. Atualmente a escola tem a denominação de Escola Estadual Wenceslau Braz, não ministrando mais o curso de agricultura.


 
Estação Ferroviária - Museu Wenceslau Braz

Endereço: Pça. Dr. João Braz, s/n - Bairro Boa Vista
Propriedade: Prefeitura Municipal


Edificada em 1930, de estilo eclético, para ser a nova Estação Ferroviária de Itajubá no qual marcou uma época de expansão comercial e industrial do município.


Com todo este desenvolvimento, tornou-se necessária a construção de uma nova estação que acompanhasse o crescimento econômico e social por que passava o município. A antiga ja se encontrava ultrapassada e não comportava mais o grande número de trens de carga e passageiros que aqui chegavam. Foi o principal meio de transporte interestadual durante várias décadas.


 
Grande Hotel

Endereço: Pça. Theodomiro Santiago, nº 11 - Bairro Centro


Construído em 1919 pelo Sr. Casimiro José Osório, através da empresa "Braz, Osório & Cia. Ltda.", o Grande Hotel Itajubá tinha como intuito atender a grande demanda de visitantes na cidade. O projeto foi entregue ao renomado arquiteto Eduardo Piquet.


O "Grande Hotel Itajubá" foi, por muito tempo, o mais alto edifício da cidade e região. À época de sua inauguração, o Grande Hotel era tido como um dos mais luxuosos e confortáveis do Estado de Minas Gerais. Em seu térreo, várias lojas se instalaram, oferecendo aos habitantes da cidade e região o que havia de melhor no mercado nacional e internacional.


 
Palácio 26 de Fevereiro

Endereço: Pça. Adolfo Olinto, nº 67 - Bairro Centro


Construção do início do século (1911), em estilo eclético é um exemplo típico das casas de porão alto, ainda de frente para a rua. Foi construída pelo arquiteto Moisés Luigi e marca um período de grandes construções oficiais de Itajubá.


Os propietários eram o Sr. Isalino Carneiro Ribeiro e sua esposa a Sra. Amélia Carneiro Ribeiro, residiram nela até 1919. Depois de servir como reidência de pessoas ilustres da época o palacete ficou como sede da administração municipal até o ano de 1982 quando passou a ser usado por vários departamentos tanto municipais como estaduais e federais. Atualmente o palacete é a nova sede da 262ª Cia da Polícia Militar de Itajubá.


 
Prédio Central UNIFEI

Endereço: Coronel Rennó, s/n - Bairro Centro


O prédio abrigou a escola fundada por Theodomiro Santiago, em 23/11/1913, com aulas ministradas por professores belgas. Em 05/01/1917 foi oficializado o Instituto Eletrotécnico de Itajubá (IEI), com o curso de engenharia elétrica e mecânica. Em 1935, foi fundado o Diretório Acadêmico; em 1947 o IEI é transformado em Fundação Instituto Eletrotécnico de Itajubá; em 1956, o Instituto passa a ser federal.


Estão hoje instalados no prédio: o auditório Antônio Rodrigues d'Oliveira (AARO); a Fundação Theodomiro Santiago (FTS); a Inculbadora de Impresas (INCIT); a Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Itajubá (AENAI); o Museus Theodomiro Santiago; o Centro Técnico cultural Prof. Pedro Mendes (CTC); o 1º laboratório de Eletrotécnica da América Latina; o laboratório termo hidroelétrico; a sede do coral da Unifei e a sala com restos mortais de Theodomiro Santiago.


 
Santa Casa de Misericórdia

Endereço: Av. Cesário Alvim, nº 632 - Bairro Centro


Em estílo eclético, o prédio foi construído para abrigar a /santa Casa de Misericórdia. Fundade em 02/05/1897 como associação Beneficiente, a instituição ficou primeiramente aos cuidados dos Lazaristas (Padres e Irmãos Vicentinos)


Quando inaugurada mais de 700 associados se comprometeram a auxiliar este grandioso empreendimento, que por mais de 20 anos funcionou sob a direção médico Dr. Xavier Lisboa. Em 1925 três irmãs foram designadas para presidir a instalação da Santa Casa, por elas seria regido todo o serviço de enfermagem e assistência oas paciêntes. Em 1945, tendo necessidade de aumentar suas instalações e de separar os casos de maternidade dos demais, foi construída a maternidade que foi chamada de Xavier Lisboa. P primeiro parto aconteceu em 2 de maio de 1947.


Links

MAPA DE ITAJUBÁ

LINKS

Documento sem título